(21) 96755-2523

Prefeitura municipal reabre laboratório de análises clínicas


Publicado em 26/06/2020

 A Prefeitura de São João de Meriti realizou a reabertura do laboratório de análises clínicas da cidade.  O laboratório, que antes funcionava no antigo PAM (também reformado e reaberto como hospital municipal), agora conta com prédio próprio e equipamentos de ponta, onde serão realizados exames nas áreas de hematologia, bioquímica, urina, laboratoriais básicos, hormonais, imunológicos, ginecológicos, oncológicos e outros da tabela do Serviço Único de Saúde, o SUS.


O laboratório municipal é uma parceria da prefeitura com a empresa Humaniza Lab, que passa a oferecer um serviço de altíssima qualidade, expandindo a quantidade de análises mensais de cerca de 300 pacientes para mil ao mês. Meritienses atendidos em todas as unidades de saúde do município terão seus pedidos de exames encaminhados ao novo laboratório.

O prefeito Dr. João Ferreira Neto, agradeceu o apoio de todos os envolvidos, especialmente a equipe de saúde. “Isso é fruto de muito trabalho e determinação da nossa equipe, mesmo com a oposição torcendo contra a cidade, é uma conquista que se soma ao nosso Hospital Municipal, ao Centro de Imagem e ao Centro de Saúde Aníbal Viriato (policlínica)”, disse. 

A secretária de Saúde, Marcia Lucas, muito contente com a nova conquista, informou que já sabia que o laboratório estava ficando lindo, mas ficou surpresa com o resultado, “ficou muito além do que eu imaginava e vai ajudar a direcionar os tratamentos da população meritiense, este é mais um legado para nossa população”, disse.

De acordo com o assessor técnico da secretaria municipal de Saúde, André Seghetto, equipes científicas foram trazidas para analisar a necessidade do município, “chegamos à conclusão que a saída do laboratório do antigo PAM seria inevitável para aumentarmos a capacidade de atendimento, atendendo as demais unidades de saúde. Além disso, o laboratório irá atuar em parceria com a Vigilância Sanitária e a Vigilância Epidemiológica do município, servindo de referência para o Estado ao enviar dados de epidemia e pandemia”, concluiu.