(21) 96755-2523

Pesquisas para o Censo 2022 são iniciadas em todo o país


Publicado em 05/08/2022

 Começou no último dia 1 a coleta domiciliar de dados do Censo Demográfico 2022, que pretende fazer um novo retrato do país, permitindo conhecer melhor a realidade da população estimada em 215 milhões de habitantes. 


Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), milhares de recenseadores dos quatro cantos do Brasil vão visitar casas em 5.570 municípios, cruzando rios e estradas de barcos, voadeiras, carros, carroças, motocicletas, bicicletas, aviões e até em lombos de animais, para registrar dados que permitam compreender a diversidade nacional.

Com dois anos de atraso, já que deveria ter sido feito em 2020, mas foi adiado por conta da pandemia, o 13º Censo  Demográfico do Brasil será realizado durante dois meses e meio. A expectativa do IBGE é atingir 50% do país no primeiro mês (agosto) e 90% no segundo. 

O levantamento deverá ser encerrado em outubro. Os primeiros resultados relacionados ao tamanho da  população por município deverão ser publicados em  dezembro deste ano. Os dados sobre domicílio, pirâmide etária, escolaridade e mer- cado de trabalho serão liberados ao longo de 2023.

A expectativa do IBGE é identificar 76 milhões de domicílios. Todas as casas serão geolocalizadas. Com isso, será possível saber com exatidão a quantidade de moradias em determinado local.

Os recenseadores do IBGE estarão identificados com boné, colete e crachá. Neste, haverá um QR Code que poderá ser lido pelo celular. Com isso, o cidadão poderá confirmar o nome e a foto do pesquisador. Portanto, a população não precisa ter medo de abrir a porta aos recenseadores. Em caso de dúvida, basta ligar para o IBGE, no número 0800-721-8181.

Entre as novidades introduzidas pelo Censo 2022 está a melhor identificação de pessoas que vivem em comunidades quilombolas e indígenas, que responderão a questionários específicos. Haverá ainda perguntas para pessoas com deficiência ou diagnosticadas com transtorno de espectro autista (TEA).

Para a população em geral, o Censo terá dois questionários, a exemplo do que aconteceu em edições anteriores: um menor, que levará cinco minutos para ser preenchido; e outro mais extenso, destinado a 10% da população, que deverá ser respondido num tempo estimado de 16 minutos. Ainda de acordo com o IBGE, todos os dados serão registrados em dispositivos móveis, de forma criptografada (protegida).