(21) 96755-2523

Fim da perícia online do INSS coloca em risco os segurados que precisam do auxílio-doença


Publicado em 21/01/2021

 


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) finalizou as perícias online para concessão de auxílio-doença. Agora, o segurado que estiver com alguma doença que o incapacite para trabalhar terá que se deslocar até uma agência da Previdência Social para realizar atendimento presencial com o perito. Para especialistas, ainda no período de pandemia, o fim dessa perícia online pode trazer riscos para os segurados que dependem desse atendimento. 


 Para o advogado previdenciário João Badari, sócio do escritório Aith, Badari e Luchin Advogados, o governo federal deveria ter mantido a perícia online pelo menos até grande parte da população estar vacinada. "O retorno da perícia presencial vai tirar as pessoas de casa, que para ir as agências, muitas vezes, terão que entrar no transporte público e correr o risco de contaminação. Até o fim, a medida estava funcionando muito bem", afirmou ele. 


 A advogada e consultora Silvia Correia também concorda que o fim da perícia online não deveria ter ocorrido no último dia 16. "Neste momento, ainda há muitos riscos para os segurados. Na verdade, acredito que essa deveria ser sempre uma opção para os que dispõem de recursos tecnológicos, para os que têm dificuldade de locomoção", explicou ela.