(21) 96755-2523

Fim do Auxílio Emergencial deve deixar mais de 22 milhões de brasileiros sem ajuda do governo


Publicado em 26/10/2021

Mais de 22 milhões de brasileiros devem ficar sem ajuda alguma do governo federal a partir de 1º de novembro. Isso porque muitos beneficiários do Auxílio Emergencial – que está chegando ao fim - não serão contemplados pelo Auxílio Brasil, programa criado para substituir o Bolsa Família a partir do mês que vem.


Além do Auxílio Emergencial acabar este mês e não ser prorrogado, o Bolsa Família deixa de existir em novembro, quando deverá entrar em vigor o Auxílio Brasil, que, segundo o governo, vai pagar R$ 400 mensais aos beneficiários até o final de 2022.


Segundo o Ministério da Cidadania, neste mês de outubro, 34,4 milhões de famílias foram atendidas pelo Auxílio Emergencial. Desse público, 25 milhões não fazem parte do público do Bolsa Família (são trabalhadores que se inscreveram por meios digitais ou que integram o Cadastro Único).


Já o Bolsa Família chega a 14,6 milhões de famílias ao todo. Com o Auxílio Brasil, o governo espera atender todo esse grupo, além de acrescentar 2,4 milhões até dezembro, totalizando 17 milhões de famílias beneficiadas.