(21) 96755-2523

Governo Presente passa por municípios da Baixada


Publicado em 05/03/2021

 Prefeitos e secretários estaduais e municipais participaram na última terça-feira, dia 2, na sede da Firjan de Nova Iguaçu, da soleni-    dade que marcou o início do Governo Presente Baixada. O programa, que transfere os gabinetes do chefe do Executivo e de seus secretários para diferentes regiões do estado, está percorrendo os 13 municípios da Baixada Flu-minense durante esta semana e deverá terminar amanhã, sábado, dia 6. O encontro aconteceu após o governador em exercício Cláudio Castro sancionar o Supera Rio, projeto de lei que garante auxílio emergencial de até R$ 300 a pessoas em situação de vulne-rabilidade social.


Além do debate entre o governador em exercício e prefeitos, secretários esta- duais e municipais discutiram diversas medidas para beneficiar a região nas áreas de saúde, educação, trabalho,  turismo, transporte, entre   outras. Entre os temas levantados, a necessidade de um plano integrado de mobilidade e as ações futuras no com-bate ao novo coronavírus.

Ainda durante o evento, um memorando de entendimento foi assinado entre o Governo do Estado, a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o Centro Industrial do Rio de Janeiro e a Alerj sobre o Projeto Arco Seguro.

A iniciativa da Firjan propõe a construção de uma parceria público-privada (PPP) para viabilizar o potencial logístico da rodovia, com melhorias na conservação e na segurança para o tráfego de passageiros e de cargas no Arco Metropolitano (BR-493), que corta a Baixada. 

A secretaria de Saúde deu um panorama da pandemia de Covid-19 e explicou que a regulação única para leitos para pacientes com a doença tem tido tempo de espera de 1 hora e a fila da regulação tem ficado por várias horas zerada. As  vacinas têm sido entregues aos municípios, o que permite ver de perto a necessidade de cada  cidade. Outros temas abordados na reunião foram os cofinanciamentos de leitos e de serviços previstos  para a região, como oncologia e hemodiálise. 

Foi apresentado aos secretários municipais a proposta de criação de um Plano de Mobilidade Urbana que seja individualizado mas com visão conjunta regionalizada. Reforçou-se a necessidade de integração das ações dos estados com os municípios nos pleitos referentes às concessões da  Rodovia Presidente Dutra, do Arco Metropolitano e da antiga Rio-Santos junto ao Governo Federal, que trarão impacto à população da região.